Quarta-feira, 13 de Agosto de 2008

A casa da saudade

imagem retirada da net

 

 

Nos dias mais tristes ainda choro

Agarrada às lembranças do passado

Finjo que me vou mas não demoro

A voltar para onde tenho estado

 

Tenho estado na casa da saudade

A viver uma vida sem sentido

Onde a dor que sinto é de verdade

O riso as vezes um pouco fingido

 

Um pouco fingido porque custa rir

Quando se sente a falta do amor

Falta de um doce carinho sentir

De um abraço dado com ardor

 

Dado com ardor, dado com desejo

Um abraço terno e carinhoso

Um toque suave, um doce beijo

Terno momento, maravilhoso

 

Maravilhoso e incomparável

É amar e ser amada intensamente

Desejar alguém, ser desejável

E querer a alguém profundamente

 

Profundamente foi como amei

Um dia alguém na minha vida

Quem foi esse amor eu já não sei

É apenas umas lembrança querida

 

Uma lembrança querida é amar

Esse sentimento tão nobre e doce

Que eu queria voltar a tentar

Por mais um minuto que fosse…

 

Magnólia

13-08-08

 

 

 

 

sinto-me: apenas um pouco só

publicado por magnolia às 15:20

link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De Editores a 13 de Agosto de 2008 às 15:36
Pensámos que talvez te interessasse saber o que fazemos...
Desculpa a invasão - prometemos que não repetiremos :-)


De magnolia a 13 de Agosto de 2008 às 16:36
Já fui espreitar! Vou escrever-vos!

Fizeram muito bem em invadir:-)


De justme_nina a 13 de Agosto de 2008 às 21:17
Obrigada por o descreveres tão bem.
Está muito bonito.

kiss's


De magnolia a 14 de Agosto de 2008 às 12:25
Obrigada Nina:-)

Mesmo....

Beijinhos linda!


De mariana a 14 de Agosto de 2008 às 20:55
Não chores mais agarrada ao passado, levanta a cabeça, bem erguida ok? , assume um sorriso electrizante e deixa que as tristezas fikem mesmo bem para trás e deixa entrar novas oportunidades sem perderes a esperança de que ainda vais ser tão feliz.....Beijokas linda


De magnolia a 18 de Agosto de 2008 às 15:02
São apenas momentos de fraqueza que passam rápido...:-)

Obrigada por tudo!

Beijinhos para ti Mariana


De Maria a 19 de Agosto de 2008 às 18:54
Magnólia... como tinha saudades de de vir ao teu espaço.
A saudade é mesmo uma casa invencível. Adoro ler os teus maravilhosos poemas.
Estou quase bem amiga e quase de volta também.
Beijinhos e um sorriso.
Maria


Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


tags

todas as tags

Poemas de Amor e Desamor

Image Hosted by ImageShack.us
By magicmagnolia

links

leituras recentes

participe neste blog

posts recentes

Mudança de conteúdo para ...

Tenho um vestido...

Até breve.

Poema para ti, Mulher...

Partir

Não cabe em mim...

Despedida

A tua voz...

Tons de cinza...

Quarto vazio...

Não há pressa de chegar

Quase perfeito

Poema

Não te deixarei fugir out...

Um coração no espaço...

Dentro de mim

Queria dizer-te...

Saudade

Isto não é poesia...

Mendigo...

arquivos

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

as minhas fotos

...

Fazer olhinhos

blogs SAPO

subscrever feeds