Quinta-feira, 4 de Agosto de 2011

A tua voz...

imagem retirada da net

 

 

 

É a tua voz que me acaricia a pele em noites frias

Sinto-a, morna, no meu rosto a cada palavra tua

E nos meus lábios, é como se mos beijasse

Languidamente, sem nenhuma pressa nem pudor,

Depois, não tenho como negar

Que o abraço terno em que me envolve

Me deixa sem chão, perdida, dormente…

A tua voz um pouco rouca beija-me a nuca e desce

Desce numa carícia prolongada e feliz

Descobrindo caminhos estreitos no meu corpo

E avançando sem receio do que haverá por descobrir…

E eu, então, sorrio.

Depois, mesmo que cales a voz que me aquece por dentro

Fica o eco noite fora e eu, ainda sorrindo, fecho os olhos e adormeço…

 

 Cláudia Moreira

tags:

publicado por magnolia às 12:37

link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Casimiro Teixeira a 4 de Agosto de 2011 às 14:30
Afortunado de quem inspira semelhantes palavras, pois sabendo ou por saber, nem imagina ser capaz de tais proezas. Quem dera..


De magnolia a 4 de Agosto de 2011 às 15:05
shhhhhhh...é segredo que tenho um Muso:P shhhhh

Obrigada pelo teu comentário Miro. Tendo ou não uma inspiração o que disseste é um elogio:)))

Beijinhos



De geriatriaaminhavida a 4 de Agosto de 2011 às 16:02
Hum, gostei do que li.
Beijinho


De magnolia a 5 de Agosto de 2011 às 09:42
Ainda bem que gostaste:)))

Beijinho


De green.eyes a 5 de Agosto de 2011 às 11:52
... e diz lá que não é bom adormecer assim ....

Hummmmmm isso cheira-me a marujo na costa !!! ou é só inspiração ???

Bom fim de semana, bjs


De magnolia a 5 de Agosto de 2011 às 14:06
olha...eu gostava que fosse um marujo...mas não há nenhum marujo que queira saber de mim:)

Beijinhos e bom fds!!!


Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


tags

todas as tags

Poemas de Amor e Desamor

Image Hosted by ImageShack.us
By magicmagnolia

links

leituras recentes

participe neste blog

posts recentes

Mudança de conteúdo para ...

Tenho um vestido...

Até breve.

Poema para ti, Mulher...

Partir

Não cabe em mim...

Despedida

A tua voz...

Tons de cinza...

Quarto vazio...

Não há pressa de chegar

Quase perfeito

Poema

Não te deixarei fugir out...

Um coração no espaço...

Dentro de mim

Queria dizer-te...

Saudade

Isto não é poesia...

Mendigo...

arquivos

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

as minhas fotos

...

Fazer olhinhos

blogs SAPO

subscrever feeds