Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Palavras doces...

Um murmúrio,
Segredado bem baixinho,
Um sussurro,
Uma palavra de carinho,
Uma ternura,
Um toque de mansinho
Um abraço,
Bem apertadinho,
Um beijo,
Bem docinho,
Tudo isto vou pedir-te
Só a ti queridinho…
 
30-03-2007
 
 
Claudia Moreira

publicado por magnolia às 14:20

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 17 de Outubro de 2007

Desejo de libertação

Olho ao longe pela janela
Vejo o mar em turbilhão
É das imagens a mais bela
Que trago na recordação
 
Sinto o cheiro a maresia
E a saudade já desperta
De ir escrever poesia
Para uma praia deserta
 
Sentar na areia molhada
Sentir a brisa no rosto
E logo me sinto inspirada
A escrever com gosto
 
Mas hoje estou aqui
Longe da brisa do mar
Não posso sair daqui
Posso apenas imaginar
 
Estou prisioneira de mim
Desta tristeza patetica
Que me atingiu assim
Sem nenhum pudor, nem ética
 
Não me consigo mexer
Destas paredes prisão
Estou perdida sem saber
Sem motivo, sem razão
 
Eu quero muito escapar
Quero sair livremente
Poder para longe voar
E sorrir abertamente
 
E nunca mais me deixar
Levar pelas sensações
Não me deixar magoar
Pelas minhas emoções
 
Vou tentar arduamente
Deixar esta amargura
E viver intensamente
Com alegria e doçura
 
Viver a vida a sorrir
E vou encher o coração
Do que ainda vou sentir
Muito amor, muita paixão…
 
 
Cláudia Moreira @ Outubro de 2007
 
 
 

publicado por magnolia às 17:04

link do post | comentar | favorito

Cansaço...

Estou tao cansada
Fraca, desanimada
Sinto-me desfalecer
Ja nao me apetece viver
Falta-me a coragem
Para fazer a viagem
Que preciso fazer
Só para te ir ver
Nao sei onde estas
Mas tanto faz
Irei caminhando
E irei procurando
Tenho muito tempo
Em pensamento
Mas na realidade
Esta ansiedade
Da cabo de mim
Deixa-me assim
Triste, angustiada
Caída, desgostada
Por não te ter
E por não saber
Onde tu moras
Passam as horas
E passam os dias
E as alegrias
Já não as sinto
E até pressinto
Que jamais vão voltar
Enquanto te amar...
 
 
Claudia Moreira @ outubro de 2007

publicado por magnolia às 09:52

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

Vou partir...

Quando a manha chegar

Ha muito que me terei ido

Para nunca mais voltar

A vida que temos vivido...

 

E eu levarei na mala de mao

Todas as nossas memorias

Para ser so recordaçao

Das nossas tristes historias...

 

Levo comigo tambem  agora

O amor que por ti senti

Levo-o comigo embora

E tudo aquilo que vivi...

 

Contigo, uma vida inteira

Sonhos, ilusoes, sentimentos

E agora a unica maneira

É partir sem arrependimentos...

 

A cama ja deve estar fria

Quando a manha raiar

Perguntas-te aonde iria

Mas nao me iras procurar...

 

Sei que ja nao tenho lugar

Na tua vida de agora

Por isso parto a chorar

Parto já sem mais demora...

 

E a ultima lagrima  caiu

E ja nao havera mais

Foi a ultima que o mundo viu

E estas ja foram demais...

 

Parto sem culpa, sem olhar

Para tras uma unica vez

Ja nao quero lembrar

Um dia recordar  talvez

 

Mas sera apenas recordaçao

No tempo ha muito perdida

O amor que senti, a ilusao

Que um dia foi tao sentida...

 

 

 

Claudia Moreira @ outubro de 2007


publicado por magnolia às 00:12

link do post | comentar | favorito

Domingo, 14 de Outubro de 2007

Angustia

A angustia que me aperta

Me faz sofrer, me corroi

Me deixa insone, desperta

Me faz tao mal, tanto doi

 

Nao sei que fazer mais

Para me livrar desta dor

Do meu pensamento nao sais

Vivo neste eterno torpor

 

Nao consigo deixar-te partir

Para longe, para sempre, enfim

Uma forma tenho de descobrir

Este tormento precisa de um fim

 

Já nao suporto mais saber

Que nao me amas, nao me queres

Que nunca mais te posso ter

Por tao pouco amor me teres

 

Vejo-te no meu sonho eterno

Nas noites em que vou dormir

Frias, nuas, gelidas de inverno

Ja nao consigo mais sorrir

 

Alguma coisa tenho e vou fazer

Dentro te mim te vou arrancar

Para nunca mais te ver

Em sonhos que vá sonhar

 

Preciso de paz, de tranquilidade

A noite deitar na almofada

e nao ter esta imensa ansiedade

nao estar sempre angustiada

 

vou calar este amargo lamento

porque ninguem pode amar

tanto assim, em sofrimento

Por isso, de ti, hoje, me vou libertar....

 

 

Claudia Moreira @ outubro de 2007

 

 


publicado por magnolia às 22:16

link do post | comentar | favorito

Sábado, 13 de Outubro de 2007

Onde estas querido amor?

Amo-te tanto meu querido,

Quero-te muito, muitissimo

Onde estas, andas perdido

Mas sei que estas pertissimo

 

Nao te vejo, estas ai?

Vem ter agora comigo

Arrebata-me, leva-me daqui

Para longe so contigo

 

Ama-me, faz-me feliz

Quero-te já, mesmo agora

Diz que muito me amas, diz

Neste momento, nesta hora

 

Preciso de ti, meu amor

Meu doce, minha paixao

Vem acalmar a minha dor

Vem encher meu coraçao

 

Onde estas? Nao fujas assim

Sei que já existes no mundo

Apenas a espera de mim

De um amor assim profundo

 

Anda, vamos os dois voar

Pelo ceu tao belo e dourado

Quero-te tanto, quero-te amar

Fica em mim abandonado

 

Nao tens rosto, mas eu sei

Que é o mais belo jamais feito

É o mais lindo que ja amei

O rosto do amor perfeito....

 

 

 

Claudia Moreira @ outubro de 2007

 


publicado por magnolia às 23:21

link do post | comentar | favorito

Lagrima teimosa...

Uma lagrima salgada

Que teima em fugir

Pelo meu rosto vai a cair

Estou  envergonhada

 

Mas é muito teimosa

E nao me obedece

Faz o que lhe apetece

A lagrima caprichosa

 

Quer mostrar o que sinto

A todo mundo assim

Tudo, tanto de mim

Se disser que nao, minto

 

E mostra tudo sim

Toda a tristeza, desilusao

Saudade, paixao

Que guardo dentro de mim

 

Sim, estou a sentir

Uma a uma vao rolar

Todas elas eu vou chorar

E nao as posso impedir

 

 

 

Claudia Moreira @ outubro de 2007

 

 


publicado por magnolia às 22:49

link do post | comentar | favorito

Vou contigo...

Vou contigo, seguir-te-ei,

Ate ao fim do mundo,

Nao sei onde irás,

Mas contigo eu vou estar,

Atras de ti eu vou,

Sem que tu saibas,

Sigo os teus passos,

Em cada passo teu,

Eu porei o meu,

Serei a tua sombra,

Pronta para te amparar,

Em cada momento,

Que fraquejares,

Quando de mim precisares,

Eu estarei lá,

Mesmo que seja dificil,

Que me magoe,

Que seja duro,

Que nao me queiras,

Nao te abandonarei,

Serei  o teu anjo,

A tua guarda a cada dia,

Que passares neste mundo,

Para sempre....

 

 

Claudia moreira @ outubro de 2007


publicado por magnolia às 22:47

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Dá-me a tua mão...

Dá-me a tua mão,

Ajuda-me, preciso de ti,

Sinto um aperto,

No meu coraçao...

 

Protege-me do mundo,

Toma conta de mim

Embala-me, adormece-me,

Num sono profundo

 

Dormir no teu braço,

Eu quero tanto,

O teu ombro amigo,

O teu doce regaço...

 

Sentir-me segura,

Livrar-me da angustia,

De viver neste vida,

Tao má e tao dura...

 

Queria tanto sentir,

A esperança, a ilusao,

De viver uma vida

Onde pudesse sorrir...

 

Quem sabe me sorris,

E o mundo melhora,

Me das a tua mao,

Que tanto, tanto quis...

 

E ainda consiga ter

Uma linda ilusao

Que me faça sorrir

E que me faça viver...

 

 

Cláudia Moreira @ Outubro de 2007

 


publicado por magnolia às 09:11

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

Desejo-te...

Toco-te levemente a face airosa

Bela, fresca, maravilhosa

Beijo-te nos labios carnudos

Para que fiquem mudos

Passo os labios na tua pele

E é mais doce que mel

Os meus dedos na tua cara

Tao bela, tao meiga e tao rara

Passo no teu rosto um dedo

Levemente, quase a medo

Nao digas nada, fica calado

Sente apenas o beijo molhado

Abraço-te de mansinho

Encosto-me devagarinho

Ao teu corpo, lindo e esguio

Alto, esbelto e tao macio

O desejo tanto tempo contido

Solta-se agora num gemido

Profundo, sincero, sentido

Caio no teu abraço languido

E ai fico eu, rendida

Em teus braços perdida

Querendo-te, desejanto-te

Loucamente, Amando-te...

 

 

 

Claudia Moreira @ Outubro de 2007

 

 


publicado por magnolia às 00:30

link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


tags

todas as tags

links

leituras recentes

participe neste blog

posts recentes

Mudança de conteúdo para ...

Tenho um vestido...

Até breve.

Poema para ti, Mulher...

Partir

Não cabe em mim...

Despedida

A tua voz...

Tons de cinza...

Quarto vazio...

Não há pressa de chegar

Quase perfeito

Poema

Não te deixarei fugir out...

Um coração no espaço...

Dentro de mim

Queria dizer-te...

Saudade

Isto não é poesia...

Mendigo...

arquivos

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

as minhas fotos

blogs SAPO

subscrever feeds