Domingo, 25 de Novembro de 2007

A dormir...

Quando o manto negro cair

Na almolfada eu vou deitar

A cabeça e vou dormir

Preciso de descansar...

 

Vou elevar a minha mente

Ate ao ceu, ao firmamento

E a dormir profundamente

Terei paz por um momento...

 

Entre as estrelas passearei

Dancerei no meio delas

Um pouco de brilho roubarei

Para ficar linda como elas...

 

E entre valsas e volteios

E olhos fechados e a sorrir

Sei que todos os meus anseios

Se irao enfim cumprir...

 

 

Claudia Moreira @ novembro de 2007


publicado por magnolia às 23:41

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Mulher

Sou tudo e não sou nada
Sou pessoa, sou mulher
Filha e mãe dedicada
Sou tudo o que eu quiser
 
Sou criada, sou rainha
Enfermeira e confidente
As vezes triste e sozinha
Outras alegre e sorridente,
 
Choro em filmes de amor
Rio das minhas memórias
Defendo ideias com ardor
E aos meninos conto histórias
 
Tenho tanto para dar
Sou um mar de emoções
Posso rir, posso chorar
Crio tantas, tantas ilusões
 
Sou amiga, sou amante
Meiga e muito carinhosa
Professora confiante
Ou menina caprichosa
 
Sou de tudo um pouco
Sou tudo o que quiser
Neste meu mundo louco
Sou apenas mulher…
 
 
 
Cláudia Moreira @ Novembro de 2007
 
 
sinto-me:

publicado por magnolia às 09:24

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Estou só...

Estou só, estou triste

Minha alma está cansada

Meu corpo nao resiste

Minha mente está quebrada

 

Quero dormir muito tempo

Deitar a cabeça na almofada

E abstrair o pensamento

Desta vida malfadada

 

Quero sentir-me serena

Preciso de paz, harmonia

Já só consigo sentir pena

Dos dias que outrora vivia

 

Pena que nao voltem mais

Esses dias maravilhosos

E agora sao infernais

Estes dias horrorosos

 

Estou só, estou triste

Não sei que mais fazer

E tristeza maior nao existe

Do que amor nao ter...

 

 

Claudia Moreira @ Novembro de 2007

 

sinto-me:

publicado por magnolia às 23:20

link do post | comentar | favorito

Um beijo...

Toquei-te suavemente na mão
E os teus olhos meigos olhei
Senti aumentar a pulsação
E só em beijar-te pensei...
 
A tua pele na minha senti
Mil sensações me inundaram
As saudades que vivi
Depressa soçobraram
 
Entrelaçamos as mãos
Senti o teu peito pulsar
Todos os esforços são vãos
De não te querer, não te amar
 
Encostei o meu rosto ao teu
Fechei os olhos um pouco
O meu coração voou p’lo céu
Como um pássaro louco
 
E em mim senti um arrepio
De ternura e de desejo
E os meus lábios em desafio
Nos teus deixaram um beijo...
 
 
 
Cláudia Moreira @ Novembro de 2007
 
sinto-me:

publicado por magnolia às 09:14

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Segunda-feira, 5 de Novembro de 2007

Espirito inquieto

Sinto-me assim inquieta

Como pássaro na gaiola

Estou ansiosa, irrequieta

E já nada me consola

 

Esta solidão aterradora

Que tanto me faz sofrer

Preciso da paz libertadora

Para  continuar a viver

 

O espirito alvoraçado

Sentimentos difusos

Um destino traçado

Em caminhos confusos

 

Nao quero mais amar

Ja não suporto sofrer

Mas sozinha assim estar

Tambem me faz doer

 

Sensações contraditorias

Amor que faz doer

Dor que faz esquecer

Tantas palavras ilusórias

 

Só queria sossegar

Não sentir esta carencia

O espirito acalmar

Do amor não sentir ausencia

 

Não pensar em mais nada

E deixar-me dormir

E nos sonhos embalada

Nenhuma dor sentir...

 

 

Claudia Moreira @ novembro de 2007

 

sinto-me:

publicado por magnolia às 23:20

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

Sonhos

Enrolo-me em mim

Os olhos bem fechados

E protegida assim

Tenho sonhos alados

 

A minha alma flutua

Vai subindo sem parar

Chega ao ceu, chega a lua

E às estrelas vai chegar

 

Quando quero sou fada

Sou mendiga, sou princesa

Sou uma mulher cansada

Ou uma fogueira acesa

 

Sou o que eu quiser

Tenho sonhos misteriosos

Sou tudo o que me apetecer

Nestes sonhos fabulosos

 

Os olhos nao quero abrir

Quero estar sempre a sonhar

E todos os medos sentir

Que nao me podem atacar

 

Fico assim mais um pouco

A sonhar e a viver

Este sonho tao louco

Enquanto me apetecer.

 

 

 

Claudia Moreira @ novembro de 2007

sinto-me:

publicado por magnolia às 23:06

link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


tags

todas as tags

links

leituras recentes

participe neste blog

posts recentes

Mudança de conteúdo para ...

Tenho um vestido...

Até breve.

Poema para ti, Mulher...

Partir

Não cabe em mim...

Despedida

A tua voz...

Tons de cinza...

Quarto vazio...

Não há pressa de chegar

Quase perfeito

Poema

Não te deixarei fugir out...

Um coração no espaço...

Dentro de mim

Queria dizer-te...

Saudade

Isto não é poesia...

Mendigo...

arquivos

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

as minhas fotos

blogs SAPO

subscrever feeds