Quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

Uma luz ao fundo do tunel...

imagem retirada da net
Uma luz ao fundo do túnel eu vejo
Ainda há uma réstia de esperança
De puder de novo rir como desejo
A vida prossegue lenta mas avança
Sem nunca atrás no tempo voltar
Não me dá uma nova oportunidade
De os meus muitos erros reparar
Olho o passado com serenidade
Não vale a pena lágrimas derramar
Sobre um passado triste e frio
Pois é passado e não mais vai voltar
É assim como a agua de um rio
Olho em frente para um futuro
Que vejo muito negro e incerto
Mas mesmo que seja duro
Tenho que o viver isso é certo
E se um dia ainda puder sorrir
Num futuro próximo ou distante
Um pouco feliz me irei sentir
Mesmo que só por um instante
Essa luz tão fraquinha e pequena
Que brilha no meu firmamento
Diz-me que vale sempre a pena
Ter um sorriso no pensamento….
 
sinto-me:

publicado por magnolia às 14:20

link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

No fim do dia...

imagem retirada da net
Sento-me na velha cadeira,
A baloiçar e a ranger,
Puxo-te p’ra minha beira,
Para poder de perto te ver,
Não é noite e não é dia,
É o momento mais belo,
Cheio de encanto e magia,
Que guardo no meu castelo,
De ilusões e fantasia,
Que construí só para nós,
Num dia em que sabia,
Que não mais estaríamos sós,
É sempre neste momento,
Quando o dia chega ao fim,
Que fico em sofrimento,
Se não estás perto de mim,
Fico com tanta saudade,
De te ter aqui pertinho,
Ficava ate a eternidade,
Contigo neste cantinho,
Do mundo esquecida,
A ver o fim do dia cair,
Nesta paisagem perdida,
Que nem o vento faz bulir,
Estas aqui por um momento,
Nada mais quero pensar,
Vou ocupar o pensamento,
Com formas de te mostrar,
Que sempre te irei amar,
Estando tu aqui ou não,
Só a ti te quero dar,
Ao fim do dia a minha mão,
Fico dias aqui sentada
Na velha cadeira a balouçar
E nunca estarei cansada
De te querer, de te esperar,
És dono do meu coração
E ficamos a ver o sol deitar,
Porque mesmo em imaginação
É contigo que quero estar…
 
 

publicado por magnolia às 18:42

link do post | comentar | favorito

Domingo, 27 de Janeiro de 2008

Reflexo

imagem retirada da net

 

Nao quero ver esta imagem,

Nao quero ver este rosto,

Carregado de desgosto,

Sem fé e sem coragem...

 

Olho-me por um momento,

Cada ruga tem um historia,

Que guardo na memoria,

Com um profundo lamento... 

 

Nos olhos tristes e sofridos,

Pode ler-se toda a tristeza,

De momentos de incerteza,

Tão amargamente vividos...

 

E a pele assim ressequida,

Por tantos e tantos invernos,

Que mais que mil infernos,

A tornaram tão envelhecida...

 

Ja nao me quero mais ver,

Neste espelho reflectida,

Olho nele e estou perdida,

Sinto que vou perecer...

 

O espelho vou esconder,

Num sitio bem longe de mim,

E para que fique sempre assim,

Esse sitio eu vou esquecer...

 

 

 

 

 

 


publicado por magnolia às 21:53

link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

Resgate...

imagem retirada da net
E foste tu quem me resgatou,
Das profundezas da amargura,
Com leveza e com ternura,
Estava perdida e já não estou….
 
E foste tu quem me agarrou,
Me salvou da morte certa,
Me encontrou em parte incerta,
Foste tu quem me beijou…
 
E foste tu quem me chamou,
Quem me mostrou o caminho,
Vieste de longe sozinho,
E agora contigo eu vou…
 
E foste tu quem me sorriu,
E a esperança me trouxeste,
Quando a tua mão me deste,
A mão mais linda que já se viu…
 
E foste tu com quem sonhei,
Um dia perdido no tempo,
Foi longo o sofrimento,
Agora sei que nunca amei…
 
E foste tu quem me ensinou,
A sorrir de felicidade,
Porque em boa verdade,
Nunca fui feliz e agora sou…
 
sinto-me:

publicado por magnolia às 17:30

link do post | comentar | favorito

Só queria descansar…

Imagem retirada da net
Só queria descansar…
 
Estou vazia, já não sinto
Estou cansada desta vida
Perdida num labirinto
Sem sentido, sem saída…
 
Só queria descansar…
 
Estou triste, estou sozinha,
Estou farta, cansada,
Desta vida que é a minha
E que não serve para nada…
 
Só queria descansar…
 
Fechos os olhos um pouco
Já não suporto mais ver
Este meu espírito louco
Desejoso de perecer…
 
Só queria descansar…
 
Queria tanto descansar
Dormir profundamente
E a cabeça esvaziar
E poder dormir somente…
 
Só queria descansar…
 
 
 
sinto-me:

publicado por magnolia às 14:52

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Vi-te partir...

imagem retirada da net
Vi-te partir da minha vida
Naquela tarde sombria
Tarde vazia, tão fria
Fiquei de alma partida
Não olhaste uma vez sequer
Para trás, para mim
Foste embora sem ver
Abandonaste-me assim
Num umbral de porta
Sem uma explicação
Mas já não importa
Já se desfez a ilusão
De um dia ser feliz contigo
Eras o meu grande amor
Meu ninho, meu abrigo
Agora és apenas dor
Lembrança e memoria
De coisas que vivemos
Da nossa pequena historia
Que só nos é que sabemos
Tu partes sem hesitar
Fico em infinita tristeza
Sei que não vais voltar
Disso eu tenho a certeza
Por isso já nada me resta
Senão parar de chorar
A vida não é uma festa
E não vale a pena lamentar
Que me tenhas abandonado
De repente e sem explicação
Talvez não me tenhas amado
E não me tenhas no coração
Vou só tentar esquecer
Todo a angustia que passei
E tentar de novo viver
Sem lembrar que tanto te amei…
 

publicado por magnolia às 12:15

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

Pedido

Imagem retirada da net
Tenho um pedido a fazer,
A ti, meu cruel destino,
Não me faças mais sofrer,
Já estou em desatino…
 
Tenho o coração partido,
A alma dilacerada,
A vida não faz sentido,
E sinto-me tão cansada…
 
Dá-me um pouco de paz,
Liberta-me desta ansiedade,
Já não sou mais capaz,
De viver sem tranquilidade…
 
Destino não sejas maldoso,
Liberta-me desta prisão,
Sê um pouco piedoso,
Com este pobre coração…
 
É o ultimo que te vou fazer,
Ate ao fim dos meus dias,
Espero que me possas atender,
E ainda me tragas alegrias….
 
 
 
Cláudia Moreira @ Janeiro de 2008
 
 
 
 
 
sinto-me:

publicado por magnolia às 11:17

link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Brumas

Olho em frente e nada vejo,

Apenas brumas e escuridão,

E de ver tenho o ensejo...

Estou faminta de viver,

Quero sentir a sensação,

De um grande amor ter...

Mas num futuro assim distante,

Vejo um amor, uma ilusão,

Que me vai magoar bastante...

Para quê então amar,

Abrir meu coração,

Se já sei que a sofrer eu vou ficar?

 

Claudia Moreira @ Janeiro de 2008

 

 

 

 

 

 

sinto-me:

publicado por magnolia às 14:38

link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

Gosto de ti

Gosto de ti porque sim,

Sem motivo, sem razão,

Gosto de ti só assim,

Apenas com o coração...

Gosto de ti sem pensar,

Apenas gosto, é misterio,

O motivo de de ti gostar,

Mas sei que gosto a serio...

Mas nem me preocupa,

O motivo  deste sentimento,

Apenas sei que ja ocupa,

Todo o meu pensamento...

Gosto de ti sem querer,

Nao escolhi ser assim,

E nao quero nem saber,

Gosto de ti porque sim!

 

Claudia Moreira @ janeiro 2008

 

 


publicado por magnolia às 21:53

link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Alma cativa...

 

Liberto-te alma cativa,

Vai-te daqui sem demora,

Minha alma fugitiva,

Voa daqui para fora...

 

Sê livre alma querida,

Vai conhecer o mundo,

Vai e abraça a vida,

Num abraço bem profundo...

 

Vai e visita terras de luz,

Vai ver a imensidao do mar,

O brilho da lua que seduz,

E as flores a desabrochar...

 

Minha doce alma sofrida,

Vai gozar a liberdade,

Já há muito perdida,

Acabou-se a ansiedade...

 

De seres alma prisioneira,

Dentro de um corpo fechada,

Tu, minha alma guerreira,

Há tanto tempo aprisionada...

Claudia Moreira @ Janeiro de 2008


publicado por magnolia às 21:44

link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


tags

todas as tags

links

leituras recentes

participe neste blog

posts recentes

Mudança de conteúdo para ...

Tenho um vestido...

Até breve.

Poema para ti, Mulher...

Partir

Não cabe em mim...

Despedida

A tua voz...

Tons de cinza...

Quarto vazio...

Não há pressa de chegar

Quase perfeito

Poema

Não te deixarei fugir out...

Um coração no espaço...

Dentro de mim

Queria dizer-te...

Saudade

Isto não é poesia...

Mendigo...

arquivos

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

as minhas fotos

Fazer olhinhos

blogs SAPO

subscrever feeds