Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

Hoje...

imagem retirada da net

 

 

Hoje não consigo parar de chorar

Não consigo que as lágrimas parem de me correr pela cara

Inchando os meus olhos, a minha pele e todo o meu ser…

Tenho uma dor dentro do peito

Uma dor que me magoa imensamente

Uma dor tão grande como se uma tenaz me apertasse uma perna

Ou um braço

Como se me rasgassem a pele sem pena

Como se me esburacassem o peito com uma faca afiada

Hoje não consigo parar de chorar

Como se não fosse mais possível sorrir

Como se tivesse desaprendido de ser feliz

Como se essa possibilidade me fosse vedada para todo o sempre

Hoje não consigo parar de chorar

Queria correr, correr sem parar

Sem destino, correr até já não conseguir sentir-me

Até estar tão cansada que não seja capaz de chorar

Só queria parar de chorar…

Só queria parar de chorar…

Só queria parar de chorar…

Só queria parar de pensar…

 

 

 

 

sinto-me:

publicado por magnolia às 00:23

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 14 de Fevereiro de 2010

Porquê

 

imagem retirada da net

 


Perguntei ao peixinho que nada no mar

E também a uma solitária margarida

Perguntei a uma gaivota que aqui vi passar

E perguntei ainda a uma libelinha no campo perdida

Depois perguntei ao grande carvalho

E também ao cacto do deserto

E a uma rosa coberta de orvalho

E também ao gato que estava mais perto

Perguntei a todos os seres vivos do mundo

Mas o mais que consegui ouvir

Foi um silencio pesado e profundo

Que não me fez desistir

Perguntei então a um grão de areia

E também à estrela mais brilhante

Perguntei à pedra mais dura e mais feia

E ao mais belo e puro diamante

Perguntei então ao imenso planeta Terra

A Vénus, Saturno, Marte e também ao sol ardente

E ao cosmos inteiro que tantos mistérios encerra

pedi por favor,  respondam-me urgente

Mas até então ninguém me soube responder

Uma mentira por piedade ou apenas a verdade

Preciso mesmo de saber

Para acabar com a ansiedade

Preciso mesmo de saber

Porque me sinto tão só...

 

 

sinto-me: ...

publicado por magnolia às 02:28

link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 10 de Fevereiro de 2010

sucumbi

 

 

 

Nos meus olhos cansados pousaste os teus

Tremi 

Não de frio nem de medo, mas de dor

Por saber que neles já não via nenhum amor

Chorei

Mas de coragem e arte o meu peito enchi

E os olhos sedentos para ti eu ergui

Doeu

Ver-te voltar as costas sem olhar para trás

Não sei como de ficar de pé fui capaz

Sofri

Mas não fui capaz de dali arredar pé

Embora no meu peito não houvesse mais fé

Fiquei

Mais morta que viva e muito dorida

De corpo fraco e cansado e alma perdida

Gritei

No silêncio perfeito do meu peito cansado

O grito ali ficou para sempre abafado

Sucumbi

E então, meu corpo tombou no chão finalmente

E o silêncio da morte chegou inclemente…

 

 

 

sinto-me: ....

publicado por magnolia às 17:48

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

azul perfeito...

 

imagem retirada da net

 

 

no imenso oceano azul perfeito

 

 

dos teus profundos olhos naveguei

 

e depois, em sonhos, no teu cálido peito

 

dessa longa viagem descansei...

 


 

embala-me agora no teu colo com doçura

 

deixa-me ser tua por breves momentos

 

deixa que nas tuas mãos leves de candura

 

eu guarde todos estes sentimentos...

 


 

ah! estes sentimentos que um dia ousaram nascer

 

desabrochar na minha alma antes serena

 

e depois nunca mais os pude conter

 

dentro desta minha alma demasiado pequena...

 


 

foi nos teus olhos que me apaixonei

 

seduzida por esse imenso azul celeste

 

e dos teus lábios que eu nunca beijei

 

ouvi palavras doces que nunca disseste...

 


 

deixa-me ser tua por breves instantes

 

abre a tua alma à minha alma cansada

 

seremos amigos, seremos amantes

 

e por breves segundos sentir-me-ei amada...

 

sinto-me: :/

publicado por magnolia às 00:56

link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


tags

todas as tags

links

leituras recentes

participe neste blog

posts recentes

Mudança de conteúdo para ...

Tenho um vestido...

Até breve.

Poema para ti, Mulher...

Partir

Não cabe em mim...

Despedida

A tua voz...

Tons de cinza...

Quarto vazio...

Não há pressa de chegar

Quase perfeito

Poema

Não te deixarei fugir out...

Um coração no espaço...

Dentro de mim

Queria dizer-te...

Saudade

Isto não é poesia...

Mendigo...

arquivos

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

as minhas fotos

Fazer olhinhos

blogs SAPO

subscrever feeds