Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

Algo que não tive

 

imagem da net

 

 

 

Sinto saudades de algo que não tive

Da tua mão que nunca me tocou

Da tua boca suave que nunca me beijou

 

Sinto saudades de algo que não tive

Das palavras que nunca me disseste

Dos carinhos que nunca me fizeste

 

Sinto saudades de algo que não tive

De ti, do teu corpo que nunca me sentiu

Da tua boca que nunca me sorriu

 

Sinto saudades de algo que não tive

Do cheiro da tua pele cálida e branca

Que de mim mil desejos arranca

 

Sinto saudades de algo que não tive

De amar longamente o teu corpo macio

Deslizando  sobre ele como um rio

 

Sinto saudades de algo que não tive

Algo que não tive mas que sempre quis

Algo tão simples como fazer-te feliz....

 

 

sinto-me: pensativa
tags:

publicado por magnolia às 01:01

link do post | comentar | favorito

10 comentários:
De Maria a 6 de Janeiro de 2009 às 01:22
Olá Magnólia espero que estejas bem.
Que o Novo Ano te traga muita energia e inspiração.

Tens aqui um poema triste mas tão vivo, que navega par além do véu que é a tua verdade.
Beijinhos e um sorriso :)
Maria


De magnolia a 6 de Janeiro de 2009 às 16:02
Olá Maria...

Tenho sentido a tua falta por aqui...

Um bom ano também para ti...que seja belo e poético como tu és:)

às vezes também precisamos de escrever coisas tristes....

beijinhos


De sp a 6 de Janeiro de 2009 às 11:07
O poema é tão lindo, embora esconda alguma tristeza por trás... mas é simplesmente lindo..
Gostei muito...
Beijinhos


De magnolia a 6 de Janeiro de 2009 às 16:06
Olá minha querida....

É verdade que esconde alguma tristeza....ou melhor, alguma melancolia.... mas tamb+em temos estes momentos não é? :)

Fico feliz que tenhas gostado:)

beijinhos


De Bruno a 6 de Janeiro de 2009 às 11:39
Muito, muito bonito! :)


De magnolia a 6 de Janeiro de 2009 às 16:17
Fico contente de te ver por aqui e ainda mais contente por teres gostado do meu pequeno poema...:)

Beijinhos!


De diolene a 18 de Maio de 2009 às 17:03
ola magnolia,amei o teu poema,ele acordou um sentimento adormecido a algum tempo em mim.tes muito talento.bejinhos


De magnolia a 20 de Maio de 2009 às 23:29
Muito obrigada diolene...muito obrigada mesmo pelo comentário e pela visita...

um beijinho grande:)


De Maria João Brito de Sousa a 5 de Agosto de 2011 às 19:58
São estas as saudades mais úteis e mais saudáveis, Cláudia... é isto que nos move :)
Abraço!


De magnolia a 8 de Agosto de 2011 às 20:09
Saudades daquilo que sonhamos....por vezes nunca se chega a realizar...

Obrigada pela visita...

Beijinhos


Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

 

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


tags

todas as tags

Poemas de Amor e Desamor

Image Hosted by ImageShack.us
By magicmagnolia

links

leituras recentes

participe neste blog

posts recentes

Mudança de conteúdo para ...

Tenho um vestido...

Até breve.

Poema para ti, Mulher...

Partir

Não cabe em mim...

Despedida

A tua voz...

Tons de cinza...

Quarto vazio...

Não há pressa de chegar

Quase perfeito

Poema

Não te deixarei fugir out...

Um coração no espaço...

Dentro de mim

Queria dizer-te...

Saudade

Isto não é poesia...

Mendigo...

arquivos

Fevereiro 2013

Novembro 2012

Maio 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Novembro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Março 2007

Março 2006

as minhas fotos

...

Fazer olhinhos

blogs SAPO

subscrever feeds